Raio X prova roubo de jóia

O assaltante Paulo Ricardo de Oliveira, de 39 anos, não conseguiu escapar do flagrante de roubo ao ser reconhecido pela vítima, que o apontou como o ciclista que arrancou a corrente de ouro de seu pescoço, em Santos, no litoral sul paulista. Ao sentir que teve a jóia arrancada, a dona de casa Marlene Tadeu Santos, de 56 anos, pediu que os agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) perseguissem o assaltante.Apesar de ter negado o roubo, por determinação do delegado Antonio José de Carvalho Thomaz, o acusado foi levado ao hospital para tirar uma radiografia. O raio-X não deixou dúvidas de que a dona de casa estava certa. Ela ficou aliviada ao saber que tinha apontado o homem certo, uma vez que ao ser detido, o acusado foi revistado e não portava mais a jóia. Mas o raio-X mostrou a corrente de ouro e crucifixo no estômago de Paulo Ricardo, que foi preso em flagrante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.