Rapaz executa irmãos e alega rixa antiga

Alegando que estava sob ameaça de morte, Tiago Barbosa dos Reis, de 20 anos, tentou justificar a execução do ajudante geral Ednaldo Silva Santos, de 36 anos, e do irmão, o serralheiro Geraldo da Silva Santos, de 31. Os dois foram assassinados com vários tiros, no início da noite de sexta-feira, dentro de um automóvel no Parque São Miguel, em Guarulhos (Grande São Paulo). Policiais militares ouviram os tiros e, pouco depois, avistaram Tiago fugindo do local e colocando um revólver na cinta. Ele confessou os disparos, revelando que tinha uma rixa antiga com os irmãos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.