Rapaz impede seqüestro de jornalista em São Paulo

A coragem de um rapaz que viu uma jornalista ser seqüestrada por dois homens na noite desta segunda-feira e os seguiu em seu carro permitiu a prisão dos bandidos e a libertação da refém.Os ladrões são suspeitos de 20 seqüestros relâmpagos na zona norte de São paulo. Um deles, Jairo Jarbas Antunes, de 29 anos, condenado por roubo, estava em regime semi-aberto. O outro, Wagner da Silva, de 23, também condenado por roubo, fugiu no ano passado do presídio de Tremembé, no Vale do Paraíba.A jornalista N., de 29 anos, deixara o trabalho e ia de carro para casa. Às 21 horas, foi atacada no semáforo das Avenidas Nossa Senhora do Ó e Clavasio Alves da Silva, no Bairro do Limão. Os bandidos estavam no ponto de ônibus com um revólver calibre 32 e obrigaram a moça a passar para o banco de trás. Queriam dinheiro, jóias e o CD player.Um rapaz, que pediu para não ser identificado, estava parado atrás do carro da jornalista e viu o seqüestro. Telefonou para a PM e seguiu os ladrões, dando instruções aos policiais sobre o trajeto, até que os dois fossem presos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.