Rapaz mata a mãe com facada no peito

Por ter sido xingado de "boiola", o biscateiro Adenilton da Conceição Silva, de 19 anos, matou a própria mãe Santilha da Conceição, 47 anos, com uma facada no peito ontem à tarde. Depois, ainda armado e descontrolado, saiu de casa e esfaqueou dois adolescentes que passavam na rua principal do Bairro Fazenda Grande do Retiro, periferia de Salvador, até ser preso por policiais militares."Ela pensava que eu fosse boiola e eu não sou isso", comentou Silva, hoje de manhã, na 10ª Delegacia de Polícia, onde aguarda transferência para o Presídio de Salvador. Familiares de Santilha disseram que os parentes estavam reunidos em casa assistindo televisão, quando, de repente, o rapaz ficou agressivo pegou uma faca e desferiu um golpe no coração da mulher. Ela morreu minutos depois. Com a faca na mão e transtornado, Adenilton agrediu as duas primeiras pessoas que encontrou pela frente na rua, Adilson Oliveira da Silva, de 14 anos, foi golpeado na barriga e Elis Silva, de 15, na cabeça. Eles foram medicados e não correm risco de vida. O assassino foi dominado pelos soldados de uma rádio-patrulha que passava pelo local.Segundo a polícia os familiares de Adenilton tentaram sem êxito interná-lo num hospício há dois meses, devido a seus ataques violentos. Um dos irmãos do rapaz, adepto da seita Igreja Universal do Reino de Deus, disse, em seu depoimento, que Adenilton estava "possuído pelo demônio" ao cometer o crime.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.