Rapaz morre eletrocutado ao tentar furtar fios de energia

Marcos Alves Pinto, de 25 anos, morreu eletrocutado, na noite de quarta-feira, dia 22, quando tentava furtar fios da rede elétrica da subestação da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), na Vila Paulista, em Jardinópolis, na região de Ribeirão Preto. Ele subiu numa torre com mais de 6 metros de altura e recebeu uma descarga elétrica de 13.800 volts, morrendo no local. Um facão e uma marreta foram encontrados com o rapaz. O contato de Marcos com a rede elétrica fez com que o transformador desligasse, deixando a cidade de Jardinópolis e o distrito de Jurucê sem energia por cerca de uma hora e meia.

Agencia Estado,

23 de março de 2006 | 15h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.