Rapazes teriam matado jovem que se apaixonou por irmã de namorado

Vítima, que foi esfaqueada, tinha relacionamento com o mais velho dos suspeitos; pai dos adolescentes detidos também está preso

Marcela Gonsalves, Central de Notícias

06 Abril 2011 | 17h20

SÃO PAULO - Um adolescente de 13 anos confessou nesta terça-feira, 5, seu envolvimento no assassinato de uma menina de 16 anos na cidade de Itarumã, sul de Goiás. Seu pai e seu irmão, de 17 anos, já haviam sido presos no dia 25. Ela estava desaparecida desde o dia 13 de fevereiro.

 

O mais novo chamou os policiais na tarde de ontem para relatar o ocorrido e levá-los até o local onde o corpo estava enterrado. A jovem foi esfaqueada e enterrada na fazenda da família.

 

Segundo a polícia, foram apresentadas duas versões para explicar o caso, mas o mais provável é que o crime tenha sido cometido por ciúmes. A vítima namorava o adolescente mais velho e teria se apaixonado por sua irmã. No dia do assassinato, ela pegou emprestada uma moto de um de seus amigos para visitar os irmãos. O veículo teria sido jogado em um rio, mas ainda não foi encontrado.

 

O pai está preso em Itarumã e os adolescentes estão internados em um centro para menores infratores próximo à cidade. As investigações ainda não foram concluídas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.