Rebelados ainda mantêm 11 reféns em Valparaíso

Os detentos rebelados da penitenciária de Valparaíso, no interior de São Paulo, continuam mantendo os 11 agentes penitenciários reféns. A rebelião entra no segundo dia, após uma tentativa de fuga frustrada na quarta-feira, 10.A negociação entre a direção da penitenciária e os presos recomeçou por volta das 7 horas desta sexta-feira, 12, e segundo a Secretaria de Administração Penitenciária, o motim deve acabar por volta das 10 horas. Alguns presos já estão se preparando para serem transferidos para outras cadeias. Não há informações sobre feridos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.