Rebelião com reféns já dura 3 dias em Maceió

Os detentos do presídio Baldomero Cavalcante, em Maceió, continuam rebelados e ainda mantiinham quatro reféns na manhã desta terça-feira,3. Os presos iniciaram a rebelião por volta das 15 horas de sábado,30. Os reféns são obrigados a manter a cabeça coberta com camisetas para não serem reconhecidos. Pelo menos sessenta detentos do módulo cinco do presídio fizeram reféns cinco homens que participavam da Pastoral Carcerária e da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados, organização que realiza trabalho voluntário no sistema há 30 anos. Os rebelados denunciam maus-tratos, pedem revisão de penas e a saída do secretário social de ressocialização, além dos diretores do sistema prisional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.