Rebelião de penitenciária de Manaus já dura mais de 8 horas

Dura mais de oito horas uma rebelião de presos na Penitenciária Anizio Jobim, em Manaus, capital amazonense. A Polícia ainda não divulgou o número de detentos rebelados nem o que teria motivado o início do motim, por volta das 11 h deste sábado. Familiares dos detentos não têm acesso a informações e relataram que a PM já invadiu a penitenciária. Dois detentos, baleados, ainda não se sabe se por outros presos ou pela PM, oram levados em ambulâncias para o Pronto-socorro do Hospital 28 de Agosto. As informações que chegaram até a imprensa são de que pode haver mais presos baleados dentro da penitenciária.

Agencia Estado,

03 de janeiro de 2004 | 17h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.