Rebelião e fuga de presos na região de Campinas

Rebelião, fuga e morte na penitenciária de regime semi-aberto Ataliba Nogueira, em Sumaré, região de Campinas, no interior de São Paulo. O motim, que começou ontem à noite, durou 3 horas e só foi controlado de madrugada. Os detentos colocaram fogo em colchões e 12 funcionários foram feitos reféns. Dois detentos morreram e três agentes penitenciários ficaram feridos. Pelo menos 20 presos fugiram. Todo efetivo da Polícia Militar foi deslocado para fazer o bloqueio da área e evitar mais fugas. A rebelião teria começado por causa da transferência de dois presos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.