Rebelião em Pinheiros termina com um morto e 6 feridos

Policiais do grupo de Operações Especiais conseguiram controlar nesta manhã um rebelião iniciada durante a madrugada na Cadeia Pública 3, cadeião de Pinheiros, zona Oeste de São Paulo. O motim começou depois de uma tentativa frustrada de fuga por volta das 5 horas. Um preso morreu e outros seis ficaram feridos, dois deles em estado grave. Segundo o delegado Antonio Chaves Martins Fontes, presos das quatro alas tiveram participação na rebelião. O detento que morreu foi vítima de disparo de arma de fogo. A Polícia ainda não sabe se o tiro partiu da polícia ou dos próprios presos. Logo após o fim do motim, os policiais fizeram uma revista no local e encontraram duas granadas e duas pistolas calibre 45.

Agencia Estado,

26 de janeiro de 2004 | 10h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.