Rebelião em presídio continua, com reféns

Três agentes penitenciários e dois detentos considerados de "boa conduta" continuavam, no início da noite de ontem, reféns de 719 presos rebelados havia dois dias no Presídio de Salvador. Ontem os amotinados ampliaram a pauta de reivindicações na negociação pelo fim da rebelião. No local, permaneciam por vontade própria cerca de 150 familiares de presos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.