Rebelião na Febem deixa cinco funcionários feridos

Internos da unidade 41 da Febem em Vila Maria, na zona norte de São Paulo começaram uma rebelião por volta das 17 horas. Eles atearam fogo em colchões e, segundo o sindicato dos trabalhadores (Sitraemfa), cinco agentes da fundação ficaram feridos. Eles foram encaminhados para um hospital da região, mas ainda não há detalhes sobre o estado de saúde, disse a assessoria de imprensa da Febem. Alguns funcionários permanecem reféns dentro da unidade. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros estão no local. Os adolescentes, com idades entre 14 e 18 anos, renderam um grupo de funcionários e ocupam o pátio do unidade. A situação não foi controlada e o clima é tenso, de acordo com a Febem. A assessoria da instituição não tem informações sobre o motivo do tumulto nem o total de funcionários mantidos reféns. A unidade 41 tem capacidade para 150 internos e atualmente abriga 128 adolescentes reincidentes graves.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.