Rebelião: três mortos em presídio de Campos

Pelo menos três pessoas morreram e oito ficaram feridas numa rebelião de detentos do Presídio Carlos Tinoco, localizado em Campos, no Norte Fluminense. Segundo a secretaria de Estado de Justiça, o motim foi causado porque os presos, supostamente pertencentes à facção criminosa Comando Vermelho, não queriam ser transferidos para um presídio do Rio. A transferência seria feita esta semana, depois que presos brigaram dentro da penitenciária. O secretário de Justiça, João Luís Duboc Pinaud, e o de Segurança Pública, coronel Josias Quintal, irão de helicóptero do Rio a Campos. A Polícia Militar cerca o local. De acordo com Pinaud, a situação está controlada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.