Recapeamento da Avenida Paulista começa amanhã

Obras serão realizadas entre 23 e 4 horas; primeiro trecho fica entre a Praça Oswaldo Cruz e a Brigadeiro

O Estadao de S.Paulo

07 de junho de 2008 | 00h00

A partir das 23 horas de segunda-feira, a Avenida Paulista começará a ser recapeada. A primeira etapa envolve o trecho entre a Praça Oswaldo Cruz e a Avenida Brigadeiro Luís Antônio, das 23 às 4 horas, nas duas pistas. Cerca de 1,3 quilômetro de asfalto será renovado (650 metros em cada sentido), o que corresponde a uma área de 25 mil m². Ao recapear as duas pistas simultaneamente, será possível minimizar os transtornos para os mais de 200 mil moradores da região e os cerca de 90 mil motoristas e 1,7 milhão de pedestres que passam diariamente pela avenida. "Há anos, a avenida, o cartão-postal da cidade, não recebia manutenção. A reforma em andamento, que já trocou o piso de 27 dos 31 quarteirões da avenida, vai deixá-la totalmente acessível e o recapeamento vai melhorar a qualidade do asfalto para veículos", diz o secretário das Subprefeituras, Andrea Matarazzo.A CET indicará opções de desvios. A previsão é de que o primeiro trecho esteja concluído em duas semanas, quando começa o recapeamento da segunda fase, entre a Alameda Casa Branca e a Rua Pamplona.Em 23 de julho do ano passado, a Prefeitura iniciou a reforma de 55 mil m² de calçadas da avenida. A previsão é de que as obras terminem até o fim de junho. O novo piso é de concreto moldado in loco, que prioriza a acessibilidade. As faixas de pedestres estão sendo retiradas das esquinas e colocadas a 30 metros dos cruzamentos, em geral no meio das quadras, proporcionando maior tempo de travessia aos pedestres. Ao fim da reforma, a área contará com 395 árvores - antes, eram 366. Outras 539 árvores serão plantadas nas ruas do entorno. Aproximadamente 60% das 30 bancas de jornais serão realocadas para pontos da calçada que não atrapalhem a visão dos pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.