Receita combate comércio ilegal na Paulista

A Receita Federal e a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo deram nesta quarta-feira, 6, continuidade à operação Tornado, iniciada na manhã de segunda, 4, para impedir o comércio ilegal de produtos importados. Com a ajuda de 120 servidores públicos entre auditores fiscais, técnicos da Receita Federal, agentes fiscais de renda e policiais militares, as equipes estão concentradas nos shoppings Promocenter, Stand Center e Inter Paulista, devendo prosseguir suas atividades até o final do ano.Segundo a Receita Federal, apenas no final da operação, no fim de dezembro, será divulgado um balanço sobre os produtos apreendidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.