Divulgação
Divulgação

Receita destrói dois milhões de isqueiros contrabandeados no PR

Órgão contou com máquina projetada especialmente para esse tipo de destruição

Priscila Trindade, estadão.com.br

09 Agosto 2011 | 11h31

SÃO PAULO - A Delegacia da Receita Federal em Foz do Iguaçu, no Paraná, destruiu mais de 2 milhões de unidades de isqueiros contrabandeados, apreendidos em 2011.

 

Uma máquina foi projetada especialmente para esse tipo de destruição. A instalação do equipamento foi concluída em abril deste ano. A máquina destruidora de isqueiros tem válvulas que separam o gás contido no isqueiro e o transmite para cilindros, onde, depois de cheios, são queimados.

 

Depois de moído, o metal é separado do plástico através de ímãs que estão fixados na parte de saída na máquina. O plástico é reciclado e vendido e a verba arrecadada é doada para entidades assistenciais. A máquina tem capacidade instalada para a destruição de 600 quilos de isqueiros por dia, o equivalente a 25 mil unidades.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.