Receita faz maior apreensão de tênis ilegais do País

A Receita Federal (RF), por meio da Operação Metamorfose, realizou a maior apreensão de tênis importados ilegalmente no País. Os fiscais da Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho e da Alfândega do Porto de Itaguaí, no Rio de Janeiro, apreenderam cerca de 160 mil pares da marca Nike.De acordo com a RF, até esta segunda-feira, 23, foram identificados oito contêineres, mas os fiscais continuam trabalhando, podendo realizar novas grandes apreensões.As investigações da RF chegaram a uma quadrilha que fraudava a documentação para liberação da carga no Porto de Itaguaí. As empresas, que operam no comércio exterior, assim como escritórios de despacho aduaneiro, registravam a importação como sendo guarda-chuvas, quando, na realidade, os contêineres carregavam tênis procedentes da Ásia. Ainda segundo a RF, com a prática de falsa declaração de conteúdo, as empresas burlavam os controles administrativos na importação, cometendo os crimes de sonegação fiscal, contrabando e descaminho. Há suspeita de que se trata de falsificação, por isso amostras já foram retiradas para verificação da autenticidade das mercadorias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.