Receita fiscaliza imóveis de luxo em Curitiba (PR)

Objetivo da operação é identificar possível variação patrimonial, aluguéis não declarados e atuação da fiscalização junto aos incorporadores imobiliários

05 de dezembro de 2011 | 12h53

SÃO PAULO - A Receita Federal iniciou na manhã desta segunda-feira, 5, uma operação para fiscalizar imóveis construídos em condomínios de luxo em Curitiba, no Paraná. A operação de combate a sonegação irá comparar os dados coletados hoje com outros já disponíveis pela Receita. Isso possibilitará identificar variação patrimonial, aluguéis não declarados e atuação da fiscalização junto aos incorporadores imobiliários.

Também serão identificados imóveis cujos proprietários já concluíram as obras, mas continuam declarando ao fisco apenas o terreno. A partir da constatação da irregularidade, os responsáveis pelos imóveis mapeados terão de arcar com os tributos devidos.

Um helicóptero está sendo usado na ação denominada "Nazca". Estão previstos voos sobre os bairros do Campina do Siqueira, Campo Comprido, Ecoville, Santa Felicidade e região.

Os infratores serão intimados a comparecer à Receita Federal para prestar esclarecimentos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.