Receita manda apurar quebra de sigilo de tucano

CASO DO DOSSIÊ

, O Estado de S.Paulo

25 de junho de 2010 | 00h00

O secretário da Receita Federal, Otacílio Cartaxo, mandou abrir sindicância para apurar se houve vazamento de dados fiscais do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge Caldas Pereira. Se comprovada a irregularidade, diz a Receita, o responsável estará sujeito a penas de advertência ou suspensão por um período de até 90 dias. Em nota enviada à imprensa, a Receita informa que sua corregedoria é "reconhecidamente modelo de eficiência na apuração de ilícitos funcionais no serviço público federal".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.