Receita reforça fiscalização no Norte com compra de lanchas

A Receita Federal reforçou a fiscalização dos estados da região Norte com cinco novas lanchas. Elas serão usadas nas operações de fiscalização para o combate ao contrabando, descaminho e tráfico de drogas e armas nos Estados do Amazonas, Pará, Acre, Rondônia, Amapá e Roraima. As lanchas são equipadas com dois motores, podem desenvolver até 34 nós de velocidade e transportar 12 pessoas. Para a o superintendente da Receita na região Norte, as lanchas permitirão combater de forma mais efetiva as irregularidades aduaneiras, além de marcar maior presença fiscal nos rios da Amazônia. Em fevereiro, as operações da Receita nos Estados do Rio Janeiro e do Espírito Santo ganharam o reforço de duas lanchas blindadas, adquiridas por R$ 8 milhões para combater o contrabando e a pirataria. Os veículos pesam cerca de 20 toneladas cada um e podem atingir a velocidade de 75 km/h.

Agencia Estado,

03 Abril 2007 | 11h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.