Recém-nascida é abandonada dentro de saco plástico em BH

Depois do caso da menina Letícia, jogada na Lagoa da Pampulha em um saco plástico no dia 28 de janeiro, outra criança foi abandonada em Belo Horizonte, Minas Gerais, também dentro de um saco plástico. Ainda coberta por placenta e com cordão umbilical, a recém-nascida foi encontrada na tarde de sábado, em uma rua deserta do bairro Floresta, por pessoas que passavam pelo local. Aparentando ter poucas horas de vida, a menina foi encaminhada por militares para a Maternidade Hilda Brandão, onde foi alimentada e passou por exames.A recém-nascida agora deve ser levada ao Juizado da Infância e da Adolescência, que poderá encaminhá-la para a adoção. Um inquérito policial foi aberto para apurar o paradeiro da mãe. O responsável pelo abandono de incapaz pode levar de seis meses a três anos de prisão. Os policiais ainda não têm pistas sobre o responsável pelo abandono. Para tentar chegar a ele, a polícia vai ouvir vizinhos e pessoas que trabalham na região onde a criança foi encontrada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.