Recém-nascido é abandonado em mata

Um recém-nascido foi achado anteontem numa mata em Jaboatão dos Guararapes (PE) por dois lenhadores. Levado a uma maternidade, seu estado de saúde é estável. A mãe, a faxineira Maria Zilda da Silva, de 39 anos, chegou na quarta-feira a uma maternidade do Recife, sem o bebê. À polícia, disse que só no hospital soube que havia dado à luz - pensava ter um mioma. Ela poderá pegar de 2 a 6 anos de prisão. Em Porto Alegre, uma menina foi achada em uma bolsa térmica, com o bilhete "nascida em 20 de setembro de 2007". Ela irá para um abrigo quando sair do hospital.

O Estadao de S.Paulo

07 Setembro 2024 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.