Recém-nascido é abandonado em shopping de SP

A segurança Adriana Cristina Félix Amorim, de 27 anos, e a atendente de lanchonete Michele Costa Silva, de 23, encontraram ontem à noite uma menina com presumíveis cinco dias de vida em um banheiro feminino do Shopping Light, no centro da cidade.Adriana, mãe de Nicolas de 1 ano e 4 meses, que ainda se alimenta com leite materno, chegou a amamentar a criança logo depois dela ter sido levada à enfermaria. "Um lojista me deixou emocionada ao dizer: bom que você existe", contou. Depois de encontrada por Michele, funcionária da lanchonete Mister Sheik, o bebê foi levado para a enfermaria, amamentado pela segurança e limpo. "Estava no banheiro e ouvi um gemido de criança. Olhei por baixo da porta e não vi ninguém. Quando entrei, o bebê estava ao lado do vaso sanitário, protegido por um cobertor", disse.Os seguranças compraram mamadeira e um kit de amamentação para ele. Posteriormente, o bebê, uma menina de pele morena, com muito cabelo e ainda com cordão umbilical, foi encaminhado ao 3º Distrito Policial o Centro, de onde, após exame de corpo de delito, foi levado para o SOS Criança, onde ficará à disposição da Justiça. A pessoa que estava com o bebê - presumivelmente sua mãe - foi identificada nas imagens das câmeras da central de segurança do estabelecimento. Ela é mulata, usa cabelo alisado e estava de blusa branca, sapato da mesma cor e calça bege. Tinha uma bolsa branca presa às costas e entrou no shopping às 19h46 de ontem, pela entrada do Viaduto do Chá, com o bebê nos braços. Saiu, por volta das 19h51 sem a criança e com uma sacola plástica verde na mão. No elevador, tomou o cuidado de abaixar o rosto quando percebeu que havia câmera. A fita foi passada para a polícia, que vai tentar identificá-la.

Agencia Estado,

29 de maio de 2002 | 19h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.