Recife

O mais antigo em funcionamento no Brasil

Angela Lacerda, O Estadao de S.Paulo

11 de abril de 2009 | 00h00

Fica na Praça Joaquim Nabuco, área central do Recife, o mais antigo restaurante em funcionamento ininterrupto do Brasil. O Leite foi inaugurado em 1882 e atravessou fases de glória e declínio, sabendo se transformar sem perder as características. Cento e vinte e sete anos depois de fundado pelo português Armando Manoel Leite - daí o seu nome -, o restaurante está prestes a se submeter a mais uma reforma interna - na qual está prevista a instalação de uma galeria de fotos que contam sua rica trajetória. "O Leite sempre foi muito arrojado, acompanha seu tempo", afirma o também português Armênio Ferreira Diogo, de78 anos, integrante da família Dias, à frente da casa desde 1955. Ali ele trabalha 17 horas diárias, embora advenha de outros negócios - casa de câmbio, comércio, rede de bares e outros restaurantes - o maior lucro da família. "Eu não vivo do Leite, mas trabalho em função da história do restaurante", diz Armênio, que costuma preparar os pratos para clientes especiais.Desde 1885, quando se instalou no atual endereço, às margens do Rio Capibaribe, que corta a capital, a casa tem os alegres azulejos portugueses que decoram a fachada. O cardápio oferece 50 pratos - sem incluir petiscos, as sugestões diárias do chef e a capacidade de fazer pratos personalizados, ao gosto do freguês. A vasta carta de vinhos portugueses, o bacalhau da Noruega, os produtos frescos e o azeite que vem direto dos olivais portugueses são detalhes que fazem o restaurante.Por suas mesas - as atuais, em número de 40, são da reforma de 80 anos atrás - passaram e passam figuras ilustres como o sociólogo Gilberto Freyre, o jornalista Assis Chateaubriand, velhos coronéis do apogeu da cana de açúcar, o poeta Ascenso Ferreira, os presidentes João Goulart e Jânio Quadros, o empresário Delmiro Gouveia e o filósofo Jean Paul Sartre.Tantas histórias fizeram até mesmo que o restaurante virasse livro. A jornalista Goretti Soares publicou, em 2000, O Leite - Ao Sabor do Tempo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.