Recruta da Marinha morre durante treinamento no Rio

Segundo corporação, jovem sofreu mal súbido durante curso de formação; inquérito foi instaurado

Maíra Teixeira, da Central de Notícias,

03 de março de 2010 | 19h08

Um recruta da Marinha morreu durante treinamento na manhã desta terça-feira, 2, no Rio de Janeiro. Segundo o 1º Distrito Naval do Rio de Janeiro, Adonai Santos da Costa Junior, de 19 anos, faleceu às 9h30, após apresentar mal súbito durante treinamento físico militar do Curso de Formação de Recrutas Fuzileiros Navais. Foi instaurado Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar os fatos.

 

A assessoria de imprensa do Distrito divulgou nota lamentando a morte de Adonai, informando que o recruta foi prontamente socorrido pela equipe médica do Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (Ciampa) e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Campo Grande.

 

O Ciampa forma aproximadamente 1.200 soldados fuzileiros navais anualmente. Para ingressar no Curso de Formações de Soldados os candidatos são submetidos à inspeção de saúde, teste de suficiência física e exame psicológico.

 

O 1º Distrito Naval do Rio de Janeiro destaca que a família do recruta está recebendo apoio de um grupo multidisciplinar, composto por assistente social,capelão, enfermeiro e Imediato do Centro de Instrução.

Tudo o que sabemos sobre:
RioMarinha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.