Refém de 86 anos é solta por seqüestradores

Ophélia Faccio Cianflone, de 86 anos, seqüestrada por uma quadrilha em 18 de julho, foi encontrada por volta das 2 horas da madrugada deste domingo no porta-malas de uma Paraty roubada, informou o Centro de Operações da Polícia Militar de São Paulo. O veículo foi abandonado na Rua dos Piemonteses, em Jardim D´Abril, zona oeste de São Paulo. Ophélia foi levada pelos bandidos durante uma tentativa de assalto ao sítio de seu filho, o industrial Nelson Cianflone, em SantaIsabel, na Grande São Paulo. Nelson, que estava armado com um revólver 38, reagiu e houve troca de tiros. Ophélia foi encaminhada ao Pronto-socorro Bandeirantes, onde ficou apenas uma hora e foi liberada. Ela não tinha marcas deagressão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.