Reféns são liberados e termina uma das rebeliões em Avaré

A rebelião na Penitenciária I de Avaré, que começou por volta das 15 horas desta sexta-feira, 12, terminou no início da tarde deste sábado 13, com a entrada de policiais militares no presídio e a libertação dos doze reféns. Os policiais chegaram de helicóptero e a tropa de choque também invadiu a unidade por terra. Houve tiros de bala de borracha e explosões de bombas de efeito moral. Quase simultaneamente, teve início uma nova rebelião na penitenciária de Barra Grande, no distrito da mesma cidade. Mas ainda não há informações.No momento, 22 penitenciária paulistas estão rebeladas, numa ação conjunta organizada pela facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.