Região da Berrini vai perder 3.400 vagas

Em contrapartida, CET anunciou criação de 740 pontos de Zona Azul

Mônica Cardoso e Naiana Oscar, O Estadao de S.Paulo

09 Julho 2009 | 00h00

A partir de segunda-feira, 3.400 vagas nas ruas na região da Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, na zona sul de São Paulo, serão eliminadas para melhorar o tráfego. O motorista deve ficar atento às novas placas de sinalização: das 46 vias que sofrerão mudanças, o estacionamento era antes liberado em 36. Vale lembrar que os ônibus fretados estão proibidos de circular na região a partir do dia 27. Apenas a Berrini apresenta um alto volume de tráfego: 1.960 veículos e 160 ônibus por hora. Por conta disso, será proibido estacionar em toda a extensão da via de segunda a sexta-feira, das 7 às 22 horas, e aos sábados, das 7 às 14 horas. Com isso, a Secretaria Municipal de Transportes (SMT) pretende ainda acabar com pontos de gargalo nas Avenidas Padre Antônio José dos Santos e Jornalista Roberto Marinho e nas Ruas Flórida e Arizona. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) anunciou a criação de novas vagas de Zona Azul, sendo 740 para automóveis, 15 para caminhões para operações de carga e descarga e 20 para deficientes físicos. Também serão criados bolsões para 466 vagas de motocicletas. Entre as mudanças, a Rua Alcides Ricardini Neves terá o sentido de circulação invertido. As conversões à esquerda estarão proibidas nos cruzamentos da Berrini com as Ruas Arizona e Flórida e com a Avenida Padre Antonio José dos Santos. Já a Rua Porto Martins passará a ter sentido único de direção entre a Avenida Nova Independência e a Rua Kansas. Ao todo, 13 pontos de táxis serão remanejados nas Ruas Eliseu de Oliveira, Quintana, Sansão Alves dos Santos, Guararapes, Arizona, Edward Weston, Geraldo Faustino Gomes, Dr. Geraldo de Campos, Praça Gentil Falcão e Avenida Nova Independência. Por causa das mudanças, o motorista que estiver na Berrini e quiser subir no sentido da Avenida Santo Amaro deverá acessar a Praça General Gentil Falcão, a Rua Sansão Alves dos Santos e novamente a Praça General Gentil Falcão para cruzar a Berrini. Já quem estiver na Berrini e quiser descer no sentido da Marginal do Pinheiros deve acessar as Ruas Carlos Rega, Alcides Ricardini Neves e Flórida. MEDIDAS EM SÉRIE Desde maio, a Secretaria Municipal dos Transportes vem anunciando uma série de mudanças no sistema de Zona Azul, com a ampliação de estacionamento regulamentado e corte de vagas em algumas ruas. Há dois meses, houve alterações na região do Itaim-Bibi e da Vila Olímpia, na zona sul. Depois, as mudanças ocorreram em Perdizes e Moema. Em junho, a Prefeitura também anunciou um reajuste de 67% na tarifa do estacionamento regulamentado, mas suspendeu a medida, após denúncias de que os postos de venda credenciados e distribuidores estariam estocando talão para se beneficiar do aumento. ALTERAÇÕES Vias de estacionamento liberado que passam a sofrer restrições: Ruas Guaraiuva, Ribeiro do Vale, Nova York, Texas, Henrique Lancelotti, Sansão Alves dos Santos, Arizona, Carlos Rega, Edward Weston, Surubin, Oswaldo Casimiro Muller, José Muniz dos Santos, Mário Gonçalvez da Silva, Hilário Furlan, Guilherme Barbosa de Melo, Anésio Pinto Rosa, Samuel Morse, André Ampere, Luigi Galvani, Eliseu de Oliveira, Leon Foucault, Furnas, José Otaviano Soares, Alexandre Bell, Heinrich Hertz, Taperoá, Joel Carlos Borges, Alcides Lourenço Rocha, Amintas Pires de Carvalho, Irmã Gabriela, Alcides Ricardini Neves, Araberi, Rosa Gaeta Lagará, Praça Gentil Falcão e Avenidas Portugal e Nova Independência Outras mudanças: Eliminação das conversões à esquerda na Berrini, ao lado das Ruas Arizona e Flórida; adoção de sentido único na Rua Porto Martins, entre a Avenida Nova Independência e a Rua Kansas; inversão de sentido na Rua Alcides Ricardini Neves

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.