Região de Sorocaba registra cinco ataques

Cinco ataques ocorreram até a tarde desta terça-feira, 8, em cidades da região de Sorocaba, durante a nova onda de crimes atribuídos ao Primeiro Comando da Capital (PCC). Em Ibiúna, um ônibus da Viação Cidade de Ibiúna, que transportava estudantes universitários, foi abordado no final da noite de segunda-feira por quatro homens armados no bairro do Cupim, zona rural do município. Eles mandaram os ocupantes descerem e atearam fogo. A empresa suspendeu o transporte noturno de estudantes.Em Sorocaba, na madrugada desta terça-feira, um homem na garupa de uma motocicleta disparou três vezes contra o prédio do 11º distrito policial, na Avenida Itavuvu, zona norte da cidade. A repartição estava fechada. Uma bala perfurou a porta, as outras atingiram a parede. Desconhecidos atiraram tijolos e lançaram uma garrafa com gasolina contra a residência de um agente penitenciário, próximo da Penitenciária Danilo Pinheiro, no bairro Mineirão. O combustível não se incendiou.Em Itapetininga, um catador de papelão encontrou uma bomba de fabricação caseira sob seu carrinho de mão, no centro da cidade, e avisou a Polícia Militar. Segundo contou, a bomba foi deixada por dois homens encapuzados que desceram de um veículo. Policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) detonaram o artefato. Durante a madrugada, dois coquetéis molotov foram lançados no estacionamento da empresa de ônibus que faz o transporte coletivo na cidade, mas os veículos não foram atingidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.