Região oferece muitas outras opções de passeio

Quem for conferir a reforma do edifício da Nossa Caixa poderá aproveitar o passeio para conhecer outros pontos turísticos do centro da capital. Também na Rua 15 de Novembro, no número 275, dê uma passadinha na Bolsa de Valores de São Paulo. Lá, o visitante pode aprender sobre o funcionamento da bolsa com ex-operadores e conhecer a história do mercado de capitais no Brasil.Continuando o passeio "financeiro", não deixe de conhecer o edifício Altino Arantes, mais conhecido como prédio do Banespa. Do alto de seus 162 metros, é possível ter uma das mais belas vistas da cidade e observar, entre outros pontos, o Pico do Jaraguá e prédios da Avenida Paulista. Fica na Rua João Brícola, 24. Outra atração na região é o edifício da Caixa Econômica Federal. Construído em estilo art déco, ele abriga um curioso museu com cédulas brasileiras antigas e fica na Praça da Sé, 111. Também por ali não faltam preciosidades religiosas. Acredita-se que São Paulo tenha nascido no Pátio do Colégio, a partir de uma pequena cabana de pau-a-pique onde se reuniam 13 jesuítas, entre eles José de Anchieta e o padre Manoel da Nóbrega. Hoje, no local, funciona uma igreja simples e um museu, cujo ingresso custa R$ 5. No Mosteiro do Largo de São Bento, não deixe de conferir as missas com cantos gregorianos acompanhados do som de um grande órgão. Outra atração é a lojinha, onde podem ser comprados pães de mandioquinha, por R$ 12, e de cereais por R$ 15. Os preços dos bolos variam de R$ 40 a R$ 45.Não termine o passeio sem visitar a Catedral da Sé, um dos cinco maiores templos góticos do mundo. Uma curiosidade: a primeira versão da igreja foi instalada em 1591, quando o cacique Tibiriçá escolheu o terreno onde seria o primeiro templo da cidade construído em taipa de pilão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.