Região serrana do Rio registra 28 casos de leptospirose

Casos foram registrados nas cidades de Nova Friburgo (26) e Teresópolis (2), mas ainda estão dentro do esperado pela Vigilância em Saúde do Estado

Solange Spigliatti, Central de Notícias

02 de fevereiro de 2011 | 16h52

SÃO PAULO - Boletim da subsecretaria de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil do Rio divulgado nesta quarta-feira, 2, informa que foram registrados nas cidades da Região Serrana atingidas pelas chuvas de 12 de janeiro um total de 28 casos confirmados de leptospirose até hoje. 

 

Os casos foram registrados nas cidades de Nova Friburgo (26) e Teresópolis (2). Técnicos da subsecretaria permanecem fazendo o serviço de busca ativa, para detecção precoce de pacientes com possíveis sintomas da doença.

 

Segundo a subsecretária de Vigilância em Saúde, Hellen Miyamoto, ainda não há registro de surto de leptospirose em Nova Friburgo ou outra cidade serrana atingida pelas enchentes de 12 de janeiro pois o total de casos confirmados ainda não superou a curva endêmica, que é o limite máximo esperado de casos. Hellen ressalta que esse limite máximo de casos esperados é determinado pela média história de registro anual de casos e pelo total de moradores atingidos pelas enxurradas e enchentes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.