Alexandre Auler
Alexandre Auler

Região Sul registra temperaturas abaixo de zero na madrugada

Previsão é de que temperatura continue baixa na região até sexta-feira

Elder Ogliari e Marcela Gonsalves , estadão.com.br

05 Julho 2011 | 11h23

PORTO ALEGRE E SÃO PAULO - A geada cobriu quase todas as regiões do Rio Grande do Sul ao amanhecer desta terça-feira, 5. O fenômeno ocorreu até mesmo nas cidades de baixa altitude do leste do Estado, como Porto Alegre e Torres, onde teve intensidade de fraca a moderada. E foi forte em municípios como Cambará do Sul, no nordeste, Passo Fundo, no norte, Uruguaiana, no oeste, Bagé, no sul, e Santa Maria, no centro, entre outros.

 

Pelo quarto dia consecutivo a temperatura caiu para abaixo de zero durante a madrugada. Segundo o 8º Distrito de Meteorologia do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a menor temperatura ocorreu em Cambará do Sul, onde os termômetros marcaram -6°C. A mínima registrada na cidade é de 6,2°C, alcançada no dia 28 de junho.

 

Campo Bom, no Vale do Sinos, tida como uma das cidades mais quentes do Estado, também registrou temperatura negativa, de -0,3°C. Na zona sul, a temperatura não caiu para abaixo de zero, mas ficou próxima disso, chegando a 0,9 grau em Bagé e Pelotas e a 1 grau em Santana do Livramento. Em Porto Alegre, a mínima foi de 2,1 graus.

 

Santa Catarina. Nesta madrugada foram registradas temperaturas negativas nas regiões do Meio Oeste, Planalto Norte e no Planalto Sul. Os termômetros chegaram às marcas de -6,9ºC em Urupema e de -5.1ºC em São Joaquim.

 

No litoral, o frio também foi intenso, com valores de 0,4ºC em Criciúma, 1ºC em Urussanga e de 3,4ºC em Florianópolis. A região do Litoral Norte, conhecida por ser mais quente, alcançou 3,8ºC em São Francisco do Sul.

 

Apesar do frio e da formação de geada ampla, as temperaturas não foram as menores do ano. No dia 28 de junho, Urupema registrou -8,8ºC.

 

Paraná. A cidade de General Carneiro, localizada na divisa do Paraná com Canta Catarina, registrou -0,5ºC nesta terça-feira, 5. Na capital Curitiba a mínima registrada foi de 2,7ºC.

 

Segundo o Inmet, houve geada nas estações dos municípios de Castro e Irati e agora o frio se concentra principalmente na região centro-sul do estado.

 

Previsão. A onda de frio provocada pela presença de uma massa de ar polar seco continua, pelo menos até sexta-feira, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul.

 

A previsão do 8º Distrito de Meteorologia indica formação de geada em quase todas as regiões do Rio Grande do Sul, com exceção do leste, nesta semana. A temperatura no Estado oscila entre quatro graus negativos na madrugada desta quarta-feira e 18°C na tarde de sexta-feira.

 

No Paraná, a previsão é de tempo parcialmente nublado na quarta-feira no norte do Estado e geada nas demais regiões. A mínima no sul do estado por chegar a -2ºC. Em Curitiba, previsão de máxima de 16ºC e mínima de 3ºC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.