Régis Bittencourt é liberada após acidente com caminhão no PR

Motorista ainda enfrenta lentidão na altura de Campina Grande do Sul por causa do excesso de veículos

Felipe Tau, O Estado de S.Paulo

29 Agosto 2012 | 11h42

SÃO PAULO - As duas faixas da Rodovia Régis Bittencourt que estavam interditadas por um caminhão tombado no km 7, sentido São Paulo, foram liberadas às 10h desta quarta-feira, 29, depois da remoção do veículo. O motorista, no entanto, ainda enfrenta lentidão no trecho, na altura de Campina Grande do Sul, Paraná, por conta de excesso de veículos. O tráfego segue lento do km 6 ao km 13, segundo a concessionária Auto Pista.

O acidente aconteceu às 4h55 e chegou a bloquear totalmente a rodovia sentido da capital paulista. O trêfego foi desviado para o acostamento e dez quilômetros de fila se formaram. Parte do óleo do motor da carreta (vazia) vazou na pista, mas funcionários da concessionária já realizaram a limpeza.

De acordo com a Auto Pista, o motorista do caminhão, de 54 anos, teve ferimentos leves e foi socorrido por viaturas da própria companhia ao Pronto Socorro Municipal de Cajuru. Um passageiro de 34 anos que também estava no veículo foi atendido no local.

Caminhão-tanque. A Régis permanece com uma faixa interditada no km 560, altura de Barra do Turvo, sentido Curitiba. Uma carreta-tanque transportando borras de óleo tombou na terça-feira e ainda está sendo removida. A pista da direita e o acostamento seguem bloqueados pelo veículo, causando fila do km 557 ao km 560. Um outro caminhão-tanque está no local para receber o óleo da carreta capotada, que será removida quando o procedimento terminar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.