EFE
EFE

Renúncia de Bento XVI completa 1 ano e papa o chama de 'corajoso' no Twitter

Francisco pediu orações ao antecessor, que deixou comando da Igreja Católica em 11 de fevereiro de 2013

EFE

11 de fevereiro de 2014 | 12h33

O papa Francisco publicou nesta terça-feira, 11, uma mensagem em seu perfil no Twitter classificando seu antecessor, Bento XVI, com um homem 'corajoso' e 'humilde', no dia em que a renúncia de Joseph Ratzinger completa um ano.

"Rezemos juntos por Sua Santidade Bento XVI. Um homem corajoso e humilde", escreveu o papa, em vários idiomas.

Em 11 de fevereiro de 2013, Ratzinger anunciava perante seus cardeais reunidos na Sala Clementina que renunciava a seu pontificado, ao considerar que por sua idade avançada não tinha forças para "exercer adequadamente o ministério Petrino".

Mais conteúdo sobre:
FranciscoBento XVIrenúncia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.