Reserva nos hotéis de Santos não chega a 50%

Ocupação de hotéis, flats e pousadas não deve passar dos 70% até o fim do ano

Elvis Pereira - estadao.com.br,

13 de dezembro de 2008 | 21h45

A cidade litorânea de Santos deve receber 240 mil turistas no Natal e 520 mil no Revéillon. As estimativas da Secretaria de Turismo são maiores em relação as do ano passado. Mas o aumento não deverá se reverter em ganhos para a rede hoteleira, na avaliação de José Lopez Rodriguez, presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares da Baixada Santista e Vale do Ribeira.   A menos de uma semana do Natal, menos de 50% das vagas nos hotéis estavam reservadas, segundo Rodriguez. E, a seu ver, a ocupação na rede composta por 23 hotéis, flats e pousadas, que somam 2.986 leitos, não deve passar dos 70% até o fim do ano. "Estamos sofrendo uma concorrência muito grande dos navios", explicou o presidente do sindicato. Dono de dois hotéis, ele afirmou que o setor vem perdendo clientes para os cruzeiros há cerca de três anos.    Por enquanto, de acordo com o sindicato, a maior procura tem sido por quartos duplos. Por cerca de R$ 2,5 mil, um casal por adquirir um pacote de cinco dias para o ano-novo. Ao todo, durante a temporada de verão, Santos espera ser visitada por três milhões de turistas, de acordo com a Secretaria de Turismo.

Tudo o que sabemos sobre:
Verão2009SantosLitoralVerão 2009

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.