Ressaca e frente fria põem bombeiros e Defesa Civil do Rio em alerta

A Defesa Civil do Rio de Janeiro e o Corpo de Bombeiros permanecem neste fim de semana em alerta permanente, devido à ressaca e à frente fria que estão chegando ao estado. Cerca de 1.500 homens, com três helicópteros para resgate, estão em plantão permanente. De acordo com especialistas, a ressaca foi causada por uma forte frente fria que está no leste do Uruguai. Para amanhã, a previsão é de menor nebulosidade, mas por pouco tempo. Nova frente fria deve chegar hoje à noite ao Rio. A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é de períodos de nebulosidade e chuva moderada, com temperaturas de até 22 graus. Durante a madrugada, os termômetros podem chegar a marcar 14 graus. Por volta das 16 horas, três mulheres foram resgatadas pelos bombeiros do 2º Grupamento de Salvamento Marítimo, no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste da cidade. As três são irmãs e nadavam em direção à Pedra dos Cabritos, quando foram surpreendidas por ondas fortes. As irmãs passam bem. Pela manhã, quatro pescadores foram resgatados na Ilha de Cotunduba, próximo à Praia Vermelha, na zona sul. As informações são da Agência Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.