Ressaca muda paisagem da Baixada

A frente fria que atingiu o litoral desde a madrugada de sábado fez com que a maré atingisse 1,5 m de altura, modificando a paisagem das praias da Baixada Santista com a forte ressaca.Na Ponta da Praia, em Santos, as calçadas foram invadidas pelas águas, enquanto na Praia do Gonzaguinha, em São Vicente, dezenas de moedas atuais e antigas, como centavos de cruzeiro e de cruzados, além de escudos portugueses, apareceram na estreita faixa de areia, chamando a atenção das pessoas que passavam pelo local. O espetáculo da natureza mostrou-se presente na manhã deste sábado, sobretudo nas proximidades da plataforma do emissário submarino, na Praia do José Menino.Por volta das 13 horas, a maré atingiu seu ponto máximo, de 1,2 metro, situação que voltou a preocupar os moradores da periferia de Santos e de São Vicente, com o transbordamento dos canais. Na tarde de sábado, os comerciantes da Avenida Jovino de Melo, na Zona Noroeste santista, foram obrigados a fechar seus estabelecimentos, já que vários pontos do Jardim Bom Retiro ficaram inundados. Desde a tarde de sábado, funcionários da Terracom, empresa responsável pela limpeza pública da cidade, iniciaram o trabalho de remoção do lixo e entulho trazidos pela maré, especialmente nas calçadas da Ponta da Praia, onde a força das águas foi maior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.