Restaurante cinco estrelas é assaltado em SP

Três assaltantes levaram pânico hoje ao restaurante Fasano, um dos endereços mais tradicionais da gastronomia paulistana. Eram 10h40 quando um dos ladrões tomou como reféns cerca de 30 funcionários. Ele roubou três celulares e R$ 100,00 em vales-transporte. A polícia cercou o prédio, mas os três fugiram. Não havia clientes porque o restaurante só abre para o jantar.Policiais fizeram uma varredura em todo o restaurante, que tem três andares. Testemunhas ouviram disparos de pelo menos dois tiros. Ninguém ficou ferido. A polícia acha que os assaltantes fugiram pelos fundos, mas admite a hipótese de terem fugido pela frente, antes da chegada das patrulhas.Um dos assaltantes, armado com pistola, dominou três funcionários na portaria e com eles atingiu o segundo e o terceiro andares do prédio. Mediante ameaça, ele obrigou os funcionários a ficarem trancados em várias salas, por cerca de meia hora. Os outros dois ladrões ficaram do lado de fora do prédio.?O primeiro a morrer vai ser você?, disse o assaltante que entrou no prédio ao motorista Ivair Rivaildo Leite, de 26 anos, no terceiro andar. Leite teve uma pistola apontada para a cabeça. O restaurante tem circuito interno de TV e sistema de alarme.O diretor da Habile, empresa responsável pela segurança do prédio, Mauro Ramos, acha que a ação dos bandidos pode ter sido filmada. Esse detalhe está sendo verificado.O delegado Osvaldo Nico Gonçalves, do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra), sem citar nomes, disse que suspeita de um ex-funcionário do restaurante, que é procurado pela Justiça por roubo e, com ameaças, fazia pressão para voltar a trabalhar. ?Quem entrou aqui sabe andar perfeitamente na casa.?

Agencia Estado,

27 de maio de 2002 | 19h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.