Retirada de caminhão congestiona Fernão Dias

O motorista que trafega pela Rodovia Fernão Dias, em direção à Minas Gerais, no início da noite desta quinta-feira, 24, enfrenta dois quilômetros de congestionamento por conta da interdição total da pista para a retirada do caminhão que tombou na altura do quilômetro 79, na região de Guarulhos, por volta das 21 horas de quarta, 23. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o transbordo da carga já foi finalizado e por volta das 18 horas, as três faixas de rolamento da pista foram bloqueadas para a retirada do veículo. Já na Rodovia Régis Bittencourt, sentido Paraná, onde uma carreta que transportava cerca de 12 toneladas de vidros tombou por volta das 14h30 desta quinta-feira, dia 24, na altura do quilômetro 300, no município de Juquitiba, na Grande São Paulo, o tráfego já foi liberado e os motoristas não enfrentam congestionamento.Segundo a PRF, a remoção dos vidros e da carreta durou cerca de 1h30. Por volta das 17 horas, a pista já estava totalmente liberada. Na pista lateral da Rodovia Presidente Dutra, sentido São Paulo, o trânsito está carregado por cerca de 3 quilômetros, a partir do 221, na região de Guarulhos, devido ao excesso de veículos, conforme informações da Nova Dutra, empresa que administra a estrada.Na Rodovia Castelo Branco, sentido capital, a lentidão é de 2 quilômetros, a partir do 25, na região de Barueri. Já no sentido contrário, a morosidade é de 1 quilômetro, na altura do 24, na mesma região, segundo a ViaOeste, concessionária da estrada. 27 ao 25 Barueri.A Rodovia Anhangüera, sentido capital, está congestionada entre os quilômetros 101 e 102, na região de Campinas, por causa do excesso de veículos, de acordo com a Autoban, empresa que administra o Sistema Anhangüera-Bandeirantes. Nas outras rodovias que cortam o município de São Paulo, o tráfego flui normalmente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.