Fábio Motta/AE - 01/01/10
Fábio Motta/AE - 01/01/10

Réveillon em Copacabana terá 'fogos musicais' por 20 minutos

Queima de fogos terá trilha baseada em músicas de João Brasil; 2 milhões devem acompanhar festa

Solange Spigliatti, Central de Notícias

27 de dezembro de 2010 | 11h02

SÃO PAULO - Vinte e cinco toneladas de fogos serão queimados durante a festa de réveillon do Rio, na praia de Copacabana, num período estimado de 16 a 20 minutos. E tem uma novidade: vem uma trilha que acompanhará a queima de fogos, gerando um espetáculo "piromusical". A estimativa é que dois milhões de pessoas acompanhem o espetáculo.

Além dos fogos e dos shows programados, o evento também vai promover o lançamento da logomarca oficial dos Jogos Olímpicos de 2016. O palco principal está localizado em frente ao hotel Copacabana Palace e receberá os shows de Daniela Mercury, Zeca Pagodinho, Alcione e das baterias das escolas de samba Unidos da Tijuca e Grande Rio.

Os shows acontecerão em quatro palcos - Brasil, o principal, em frente ao hotel; Beat 98, no Leme; Santa Clara, em frente à Rua Santa Clara; e Oi FM, em frente à Rua Xavier da Silveira. Antes e no intervalo dos shows, todos os palcos contarão com DJs se revezando até as 3h. Os DJs começam a tocar às 18h e os shows terão início às 20h.

Nos quatro locais - que terão telões com 120m² - e nas 40 torres, serão utilizados mais de 4.200 refletores. Cinco minutos antes da meia-noite haverá um show de luzes e laser e, após um blecaute de alguns segundos, haverá a queima de fogos.

Música. A trilha sonora criada pelo músico João Brasil vai acompanhar o show desenvolvido pela empresa espanhola Pirotecnia Igual. A queima de fogos será dividida em 10 temas: "Seja bem-vinda, Década de Ouro", "Riquezas Naturais", "União dos Povos", "Celebração da Vida", "Simpatia Carioca", "Paz no Mundo", "Energia Contagiante", "O Futuro é Azul", "Apoteose do Amor" e "Aquarela Brasileira".

 

A infraestrutura da festa contará ainda com 11 balsas que serão fundeadas em linha, contendo 1.200 bombas cada, 30 torres de policiamento, sete postos médicos, 26 UTIs móveis e 60 maqueiros.

Além do logo da Olimpíada de 2016, o evento vai anunciar os Jogos Mundiais Militares, a Copa das Confederações e a Copa do Mundo de 2014.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.