Leonardo Soares/AE
Leonardo Soares/AE

Réveillon na Paulista teve cerca de 2,5 milhões de pessoas

14ª edição do evento terminou por volta das 3h, liberando, assim, o tráfego de veículos; PM não registrou nenhuma ocorrência grave

Marília Lopes, do estadão.com.br,

01 de janeiro de 2011 | 03h25

SÃO PAULO - A festa de Réveillon na Avenida Paulista, em São Paulo, teve público de cerca de 2,5 milhões de pessoas, segundo a organização do evento. A 14ª edição do Réveillon na Paulista terminou por volta das 3 horas deste sábado, 1º. Segundo a Polícia Militar, não foram registradas ocorrências graves.

 

A festa começou às 20h28 de sexta-feira, 31, com o grupo sertanejo Barra da Saia. Depois foi a vez de Fiuk subir no palco, seguido de Fábio Junior, Zezé di Camargo e Luciano e Capital Inicial. Para encerrar a noite, a escola de samba Rosas de Ouro, campeã do carnaval de São Paulo em 2010, fez uma apresentação.

 

A PM informou que a festa foi tranquila. Segundo o major Fernando Antonio de Melo, subcomandante da operação, na área da festa não houve ocorrências graves. Cerca de 1400 policias militares trabalharam no evento.

 

Por volta das 23 horas de sexta-feira, 31, três homens e um menor de idade arremessaram rojões, na Alameda Santos. Os três homens foram presos e o menor de idade apreendido. O caso é registrado no 78 Distrito Policial, no Jardim Paulista.

 

 

Segundo o major Melo, após os shows, a PM realizou uma varredura na área da festa, que começou a ser liberada para o tráfego de veículos às 3h42. O major acredita que a revista realizada nas pessoas que iriam para festa contribuiu para que não houvessem ocorrências graves. Não era permitido se aproximar da área da festa com guarda-chuva, garrafas de vidro, rojões e objetos cortantes.

 

Atualizado às 18h do dia 03/01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.