Réveillon no Rio terá 30% mais fogos e uma grande surpresa

A festa de réveillon em Copacabana terá 30% a mais de fogos de artifício neste ano. Nas oito balsas que serão instaladas no mar, a 360 metros da areia, 20 mil bombas vão proporcionar a queima de fogos durante 12 minutos. Ao mesmo tempo, haverá a cascata de fogos na amurada do Forte de Copacabana, desta vez com 400 metros de comprimento, 100 metros a mais do que no ano passado. O encerramento da queima é uma surpresa, que está sendo guardada a sete chaves, e será notícia em toda a imprensa mundial, afirmou André Lanza, responsável pela Lanza Shows, empresa que fará espetáculo pirotécnico.A prefeitura espera que dois milhões e meio de pessoas participem do réveillon em Copacabana, que vai custar R$ 3,4 milhões.A programação, que vai começa às 19h30 do dia 31, prevê shows em três palcos que serão montados na praia. Os primeiros números se rão apresentações circenses, de capoeira e de teatro. Em seguida, virão os shows musicais, que serão interrompidos por volta das 23h30, para a exibição e imagens dos grandes momentos de 2003 em telões. Após a queima de fogos, recomeçam os shows musicais . O encerramento vai ficar por conta de escolas de samba, cujas apresentações vão terminar em horários distintos para facilitar a dispersão do público. A prefeitura vai montar mais oito palcos em outros pontos da cidade, a um custo será de R$ 2 milhões.Outra novidade programada para este ano, segundo a Agência Brasil é a realização de pré-réveillons, nos fins-de-semana, em Copacabana. O primeiro seráno próximo sábado (6), num palco montado em frente à rua República do Peru. Estão marcados shows de Fernanda Abreu, ElbaRamalho e Daniela Mercury. De acordo com estimativa da prefeitura, as festas de fim de ano deverão atrair para o Rio de Janeiro 346 mil turistas, gerando renda de US$ 120 milhões para o município.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.