Revendido, Airbus tinha 20 mil h de vôo

A Airbus informou ao ?Estado? que o A-320 que se acidentou em Congonhas não foi vendido para a TAM. Segundo a empresa, o avião foi vendido em 1998 para a Transportes Aéreos Centroamericanos (Taca), de Honduras. Ele tinha 20 mil horas de vôo e 9.300 vôos. A TAM é uma das empresas com maior número de aviões da Airbus: 86 aeronaves (61 do modelo A-320) e anunciou há mais de um mês a encomenda de 22 aviões A-350. A Airbus informou ainda que uma equipe de técnicos deveria chegar ainda ontem ao Brasil para ajudar nas investigações. Mas deixou claro "que as autoridades brasileiras são as responsáveis pela investigação".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.