Revendido, Airbus tinha 20 mil h de vôo

A Airbus informou ao ?Estado? que o A-320 que se acidentou em Congonhas não foi vendido para a TAM. Segundo a empresa, o avião foi vendido em 1998 para a Transportes Aéreos Centroamericanos (Taca), de Honduras. Ele tinha 20 mil horas de vôo e 9.300 vôos. A TAM é uma das empresas com maior número de aviões da Airbus: 86 aeronaves (61 do modelo A-320) e anunciou há mais de um mês a encomenda de 22 aviões A-350. A Airbus informou ainda que uma equipe de técnicos deveria chegar ainda ontem ao Brasil para ajudar nas investigações. Mas deixou claro "que as autoridades brasileiras são as responsáveis pela investigação".

Jamil Chade, O Estado de S.Paulo

19 Julho 2007 | 05h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.