Revolta contra golpe leva pessoas a saquear empresa de Brasília

Centenas de pessoas saquearam, hoje, uma loja da BSB Habitacional, na cidade-satélite de Ceilândia, no Distrito Federal, depois da divulgação de que a empresa ludibriava as pessoas com a promessa de falsos empréstimos para a compra de casa própria. Na quinta-feira, a Delegacia de Defesa do Consumidor de Brasília começou uma devassa na cidade, iniciando pelo fechamento da BSB Habitacional, que estava funcionando sem autorização do Banco Central para este tipo de negócio.A atenção da polícia se voltou para a empresa depois de verificar que o negócio oferecido era muito estranho. O dinheiro dos supostos financiamentos eram liberados em 45 dias, depois que o cliente desse uma entrada, e o prazo para o pagamento variava em até 13 anos. Ontem, depois de saberem da interdição da BSB Habitacional, centenas de pessoas depredaram e saquearam a loja de Ceilândia, umas das 13 do grupo, gerenciado por Francisco Abrão, que foi preso junto com outras noves pessoas, entre atendentes e outros sócios. Eles serão indiciados por formação de quadrilha, propaganda enganosa e por crime contra o sistemafinanceiro nacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.