Ribeirão Preto debate distrito empresarial

A Prefeitura de Ribeirão Preto realiza amanhã a primeira audiência pública do Distrito Empresarial local. O edital para a licitação dos lotes deve sair ainda no primeiro semestre, e a perspectiva é de que pelo menos 10 empresas venham a se instalar no local até o final do ano. Segundo o secretário de Desenvolvimento da Prefeitura, Nelson Rocha Augusto, pelo menos 120 empresas já procuraram a prefeitura para obter informações sobre o Distrito Empresarial. O projeto de implantação do distrito, segundo ele, vai priorizar a geração de empregos, a fabricação de componentes tecnológicos e a ampliação das empresas já existentes na cidade. O lote será comercializado pela prefeitura pelo mesmo valor da aquisição do terreno. "É praticamente um subsídio, mas não haverá dinheiro público entrando no negócio", explicou o secretário. O valor do metro quadrado é de R$ 6, ou cerca de quatro vezes menos do que o mercado cobra pelo metro quadrado na mesma área, localizada à margem da Rodovia Anhangüera. A primeira fase do projeto deve atender a cerca de cem empresas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.