Rio Acre continua baixando; Defesa Civil libera alimentos e remédios

Na última medição desta quarta-feira, o Rio Acre estava 16 centímetros mais baixo do que ontem, em Rio Branco. O nível do rio desceu de 16,72 metros para 16,56m. Caso se mantenha esse ritmo, a Defesa Civil estima que em uma semana as famílias desabrigadas possam começar a voltar para suas casas. Para o prefeito Raimundo Angelim o momento será ainda mais difícil que o da enchente. Isso porque muitas famílias perderam tudo o que tinham e, além disso, há o risco da proliferação de doenças como a leptospirose. Assim que as águas baixarem a Secretaria Municipal de Saúde vai iniciar um trabalho de desinfecção nas áreas atingidas. A Coordenadoria Nacional de Defesa Civil anunciou a liberação de 10 mil cestas básicas para o Acre e kits de medicamentos para 30 mil pessoas.

Agencia Estado,

22 Fevereiro 2006 | 21h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.