Rio aguarda R$ 196 milhões para terminal 1 do Galeão

A Infraero aguarda a liberação de R$ 196 milhões para a revitalização do Terminal 1 do Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), além de melhorias nas pistas e em infra-estrutura. A superintendência da estatal no Rio calcula que o aeroporto tem capacidade para absorver 5 milhões de passageiros e mais 240 pousos e decolagens, após as restrições no Aeroporto de Congonhas e a nova malha de vôos no País. O superintendente da Regional Leste da Infraero, Pedro Azambuja, disse que os recursos previstos para o Galeão virão do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do orçamento da estatal. Do total, cerca de R$ 100 milhões são para a revitalização do Terminal 1. Outros R$ 90 milhões são para melhoria das pistas, e R$ 6 milhões para o terminal de exportação, já em funcionamento há dois meses por meio de recursos próprios. "Antes do acidente (da TAM), a gente já dizia que o Galeão tinha plena capacidade para ser hub (distribuidor de vôos) do Sudeste", disse Azambuja. O ministro da Defesa, Nelson Jobim, anunciou que o Galeão absorveria vôos que partem de Congonhas para a Região Nordeste, América do Sul e do Norte. Este ano, deverá receber 10 milhões de passageiros e há 270 operações por dia. O presidente da Associação Brasileira das Concessionárias Aeroportuárias, Modesto Lopes, disse que o aumento do movimento das 110 lojas do Galeão deverá ser proporcional ao maior fluxo de passageiros.

Alberto Komatsu, O Estadao de S.Paulo

07 de agosto de 2012 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.