Rio anuncia restrições de horário no Aeroporto Santos Dumont

A pedido de moradores, número de voos entre 6h e 8h e das 20h às 22h30 será reduzido em 2011

Marília Lopes, Central de Notícias

10 de dezembro de 2010 | 15h53

SÃO PAULO - A Secretaria de Meio Ambiente do Rio de Janeiro e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) anunciaram hoje restrições ao funcionamento do Aeroporto Santos Dumont. A partir de 10 de fevereiro do próximo ano o número de pousos e decolagens no terminal será reduzido de 23 para 14, entre 6h e 8h e entre 20h e 22h30.

 

Veja também:

linkPassaporte com chip começa a ser emitido em Brasília e Goiânia

Na licença de operação, concedida hoje, também continua a restrição aos voos noturnos. E o horário de funcionamento passa a ser das 6h às 22h30, com meia hora de tolerância para atrasos. Depois das 23 horas, os voos serão desviados para o Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim (Galeão).

As medidas atendem às reivindicações de moradores de oito bairros da cidade que reclamam do ruído excessivo causado pelas turbinas dos aviões. Conforme a Secretaria de Meio Ambiente, as queixas passaram a ser mais frequentes depois da expansão do terminal e do aumento do número de voos. Os bairros mais afetados são: Centro, Santa Teresa, Catete, Flamengo, Botafogo, Glória, Laranjeiras e Urca.

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) informou que irá se pronunciar, por nota, ainda hoje sobre as restrições.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.