Rio Claro: prefeitura tenta capturar macaco

Um macaco chamado Benedito, que fugiu do viveiro do Lago Azul, uma área de lazer de Rio Claro, a 175 quilômetros de São Paulo, está circulando pelos quintais das residências localizadas na Vila Operária. A fuga ocorreu no começo da semana e, até o início da noite desta sexta-feira, uma equipe da Prefeitura não tinha conseguido capturá-lo. Benedito é pequeno e considerado dócil. Ele deve estar sendo alimentado por frutas dadas pelos moradores.O animal também vem provocando confusão na cidade. "Ele até sumiu com alguns brinquedos do meu filho", contou a jornalista Carla Hummel. A irmã dela, Fabiana Hummel, conseguiu tirar uma fotografia do fujão.Para tentar capturá-lo, os funcionários da prefeitura têm colocado sonífero nos alimentos, mas a operação não está dando resultado. "Já deram um monte de sonífero, mas o macaco não dorme nem a pau", disse no começo da noite o vigia José Antônio de Oliveira, que trabalha no Lago Azul. Segundo ele, a operação para pegar o bicho deverá recomeçar neste sábado.Benedito escapou após ter forçado o alambrado do viveiro até fazer uma abertura. No Lago Azul permaneceu uma macaca que ainda não foi batizada pelos criadores. A administração da área de lazer acredita que alguma brincadeira, possivelmente feita por crianças que teriam o costume de cutucar o animal com varas, o teria deixado bastante irritado, a ponto de abandonar o local.Apesar de Benedito ser dócil, o órgão alerta para a possibilidade de o macaco mudar de comportamento, por estar em uma nova situação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.